Na Suécia vereador propõe pausas de uma hora no trabalho para ter relações sexuais

Na Suécia um vereador de uma pequena cidade propôs que os suecos deveriam ter autorização a uma pausa no trabalho de uma hora para poderem ter relações sexuais com os seus parceiros.

“Existem vários estudos que mostram que o sexo é saudável”, disse o vereador da cidade de Overtornea (norte da Suécia) Per-Erik Muskos, de 42 anos, que apresentou a moção para a pausa sexual.

Em declarações à famosa agência francesa AFP, o vereador sueco disse que a sua proposta visa melhorar as relações pessoais dos cidadãos.

O vereador Per-Erik Muskos considerou que na sociedade atual os casais passam pouco tempo juntos e a sua proposta é “sobre melhorar os relacionamentos”.

Per-Erik Muskos reconheceu também que não haverá forma de verificar se os empregados não usam a sua hora para outros fins que não seja estar com os parceiros.

“Não podemos garantir que o trabalhador não vai antes dar uma volta em vez de estar com o seu parceiro”, disse o vereador Muskos, acrescentando que os empregadores precisam de ter confiança nos seus empregados.

O vereador disse também que “não vê qualquer razão” para que esta moção seja chumbada.

Não contando com os finlandeses e os franceses, os trabalhadores a tempo inteiro suecos são os que trabalham menos horas, com uma média de 1.685 horas no ano de 2015.

Já os britânicos trabalharam em média 1.900 horas e os alemães 1.847 horas no ano 2015.

O que acham desta proposta? Acham que o trabalhador teria mais rendimento no emprego? Deixem o vosso comentário.

Fonte: jn.pt / Imagem: Global Noticias

Vais Gostar de Ver:


Comentários:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.